20/9/18
 
 
The Guardian denuncia que ONU silenciou vários casos de assédio sexual e violações

The Guardian denuncia que ONU silenciou vários casos de assédio sexual e violações

Jornal i 18/01/2018 19:49

Nações Unidas terão, de acordo com o The Guardian, ignorado vários casos de assédio sexual.

O The Guardian noticia que a ONU terá ignorado/silenciado vários casos de assédio sexual, um pouco por todo o mundo, e que estes assédios tiveram, alegadamente, lugar em várias empresas.

Dezenas de atuais e também antigos funcionários das Nações Unidas descreveram uma “política de silêncio transversal a toda a organização”, que silencia os casos de assédio sexual. O jornal britânico garante que, entre os funcionários questionados, quinze confessaram ter sido alvo ou testemunhado casos de assédio sexual, pelo menos nos últimos cinco anos.

Estes casos vão desde a violência verbal a violação. 

Segundo escreve o mesmo jornal, sete mulheres reportaram formalmente algumas situações, sendo que esse número apenas não é maior por existir o medo de perder o emprego em questão ou de não existir qualquer tipo de ação por parte da ONU, perante os ofensores.

Leia aqui o artigo original do The Guardian. 

 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×