16/11/18
 
 
TDT aquém das expetativas

TDT aquém das expetativas

Magalhães Afonso 17/01/2018 10:16

A Televisão Digital Terrestre (TDT) em Portugal ficou abaixo das expetativas iniciais e precisa de alterar o modelo de negócio.

Um estudo divulgado na pela Autoridade Nacional para as Comunicações (ANACOM) aponta que “as decisões que forem tomadas neste momento, terão um impacto fundamental nesta plataforma e no meio audiovisual do país para o futuro, tanto no curto como no longo prazo”,

Segundo o documento do regulador, “até ao momento, em termos comerciais e de oferta de serviços, a TDT tem ficado aquém do que eram as expetativas iniciais da plataforma e, ainda mais, por comparação com a situação dos restantes parceiros europeus”.

Para além disso, “todos os indicadores demonstram que se o caminho atual for mantido a penetração irá continuar a decrescer e os utilizadores da TDT serão indubitavelmente as populações de menor rendimento disponível, do interior e com menos apetência tecnológica”,

Assim, na perspetiva da ANACOM, a “TDT deveria equacionar a apresentação de uma oferta competitiva com a inclusão” da visualização não linear de conteúdos, uma vez que “as outras plataformas alternativas apresentam de uma forma massiva” e é cada vez mais procurada pelos utilizadores.

Ao mesmo tempo, "aumenta, sobretudo entre as novas gerações, a visualização de conteúdos através de outros meios (como a internet ou o móvel, em detrimento do tradicional aparelho de televisão, em casa) o que pode significar, nas novas gerações, uma redução do consumo através de pacotes".

Os autores do ‘Estudo sobre alargamento adicional da oferta de serviços de programas na TDT' consideram que esta mudança de hábitos de consumo de televisão "pode ser visto como uma ameaça ou uma oportunidade" e que a mobilidade "é outra das ofertas que podem ser desenvolvidas na plataforma da TDT".

Mas esta opção poderá ter um "impacto significativo" em investimento na para se manter a cobertura semelhante à atual, mas que em “caso de se oferecer uma cobertura mais restrita para captar segmentos específicos de utilizadores, o investimento pode ser mais moderado e compensador do ponto de vista de negócio".

Também oferta de pacotes que combinem Tv + Internet (em parceria com operadores de banda larga) "pode ser atrativo para o mercado da TDT, indo buscar utilizadores à faixa de utilizadores do cabo que consomem os pacotes mais básicos".

Os autores do estudo lembram que a nível internacional foram identificadas novas ofertas de serviço, "baseadas em novos modelos de negócio de canais baseados em vendas, em entretenimento/jogos ou em publicidade, que muitas vezes sustentam operações de TDT e em que os canais tradicionais são remunerados (ou pagam valores reduzidos) para estarem presentes nessas plataformas e serem apenas "geradores" de tráfego".

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×