25/9/20
 
 
Já não são permitidos jantares ou almoços no Panteão Nacional

Já não são permitidos jantares ou almoços no Panteão Nacional

Miguel Silva Jornal i 16/01/2018 20:35

Os preços de aluguer também serão aumentados e “as regras de segurança e emergência vão ser atualizadas”

Luís Filipe Castro Mendes, ministro da Cultura, afirmou esta terça-feira que os almoços e jantares serão proibidos no Panteão Nacional.

“No Panteão Nacional só podem ser autorizados eventos especiais de natureza cultural. Fica também estabelecida uma regra geral que proíbe a realização de refeições em espaços com estatuto de Panteão”, explicou o ministro.

No entanto, Castro Mendes explicou ainda que esta medida “não se aplica a todo o edificado mas apenas aos espaços com características de panteão”, como o Mosteiro dos Jerónimos e o Mosteiro da Batalha.

Os preços de aluguer também serão aumentados e “as regras de segurança e emergência vão ser atualizadas”.

“Queremos fazer alterações orgânicas que permitam aos museus ganhar um estatuto de maior autonomia. Pode ser feito através da reforma orgânica da própria Direção-Geral do Património Cultural. Deve ser debatido. Vamos lançar este grande debate à volta do património no qual todos os agentes deverão ser ouvidos”, rematou o ministro.

A tutela já tinha revelado que ia rever a regulamentação para os eventos realizados em museus e monumentos depois de um jantar privado no Panteão Nacional, em Lsiboa, e uma encenação de uma fogueira no Convento de Cristo, em Tomar.

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×