17/8/19
 
 
Gripe obriga a alargar horários de centros de saúde em Lisboa

Gripe obriga a alargar horários de centros de saúde em Lisboa

Jornal i 28/12/2017 16:01

Os centros de saúde de Lisboa e Vale do Tejo estarão abertos até às 22h na segunda semana de janeiro

Os centros de saúde de Lisboa e Vale do Tejo esperam um aumento de casos de gripe na segunda semana de janeiro, segundo afirmou Luís Pisco, recém-nomeado presidente da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo, à agência Lusa. Para dar resposta, os horários dos centros de saúde estarão abertos até às 22h e as consultas programadas serão reagendadas. 

Mesmo que com estas medidas, a tutela espera que com depois do Natal e da Passagem de ano a resposta seja facilitada  por os profissionais já não se encontrarem de férias. "Se [a gripe] vier, como estamos à espera, na segunda semana de janeiro, as equipas já estarão completas, já não há pessoas de férias, será mais fácil reforçar as equipas", disse Pisco. 

Nesse período os horários dos centros de saúde serão alargados das 20h para as 22h, para além de se prever o adiamento das consultas programadas dessa semana. "Não faz sentido termos uma sala de espera cheia de doentes com gripe e estarmos a chamar diabéticos ou grávidas ou pessoas para fazer consultas nesse período de tempo", explicou. 

Luís Pisco está também confiante nos resultados da campanha de vacinação contra a gripe. "Nunca se vacinou tanta gente como este ano e isso deve ser um fator a nosso favor, no sentido de haver menos complicações", afirmou. 

No ano que agora termina, a gripe e a vaga de frio foram responsáveis por 4,467 óbitos. 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×