17/11/18
 
 
Estas são duas das principais causas de asfixia em menores de 5 anos

Estas são duas das principais causas de asfixia em menores de 5 anos

Shutterstock Jornal i 27/12/2017 15:06

Alerta vem dos médicos da Sociedade Espanhola de Otorrinolaringologia e Cirurgia da Cabeça e Pescoço (SEORL-CCC).

Quase a chegar ao dia da Passagem de Ano, os médicos da Sociedade Espanhola de Otorrinolaringologia e Cirurgia da Cabeça e Pescoço (SEORL-CCC), alertam que comer uvas inteiras ou passas são a terceira principal causa de asfixia em menores de 5 anos

"Esta fruta, pelas suas qualidades quanto à forma e textura, pode provocar a obstrução das vias respiratórias e, se não se atuar de forma rápida, pode matar", garante Raimundo Gutiérrez Fonseca, médico e vice-secretário-geral da SEORL-CCC.

Gutiérrez afirma que esta fruta consegue “ deslizar da boca de uma criança para a garganta de forma involuntária, sem ser mastigada, e atuar como um tampão das vias aéreas, impedindo a respiração".

Por esta razão, o médico deixou um alerta e recomenda que esta  tipo de fruta não seja dado às crianças, sobretudo aos menores de cinco anos.

"Nesta franja etária, quando ainda não se tem os dentes desenvolvidos, o sistema digestivo das crianças ainda é imaturo e a possibilidade de uma parte dos alimentos ou corpo estranho entrar nas vias respiratórios é mais alta", explica o médico, sublinhando que a maioria dos engasgamentos na infância acontece por volta dos dois anos.

 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×