20/9/18
 
 
A consoada de Fábio Coentrão foi passada no chão, mas há uma razão…| FOTO

A consoada de Fábio Coentrão foi passada no chão, mas há uma razão…| FOTO

Shutterstock Jornal i 27/12/2017 11:37

Publicação gerou uma onda de comentários, uns mais positivos que outros, mas ainda assim não faltaram os elogios ao futebolista. 

A publicação gerou uma onda de indignação, no sentido em que muitos não entenderam a razão de a consoada do jogador de futebol ser passada no chão e não numa mesa de jantar. Muitas foram as perguntas e as piadas, mas também houve quem elogiasse o momento. Apesar de tudo, há uma explicação. 

Nas redes sociais, houve quem tivesse dado os parabéns ao jogador por manter viva a “tradição poveira”. É isto mesmo. Trata-se de uma tradição da terra Natal de Coentrão.

"Para o pescador poveiro, na noite de consoada, o ruivo e o peixe seco eram pratos 'obrigatórios'. Toda a gente comia no chão e geralmente na cozinha, onde a lenha do fogão servia de aquecimento central", lê-se na página da câmara municipal das Caxinas, zona de onde é natural o futebolista.

Esta terra é conhecida por ser uma comunidade piscatória de Vila do Conde, e o próprio Fábio Coentrão já admitiu, por várias vezes, que caso não tivesse sucedido no futebol, teria sido pescador, como manda a tradição.

 

 

Feliz natal !!!!!!!!!!!!!!

A post shared by Fábio Coentrão (@fabio_coentrao) on

 

 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×