29/2/20
 
 
NBA. LeBron dá show e dedica uma única palavra a Donald Trump: “Igualdade”

NBA. LeBron dá show e dedica uma única palavra a Donald Trump: “Igualdade”

AFP Bruno Venâncio 19/12/2017 11:15

Aproveitando a visita ao terreno dos Washington Wizards, o camisola 23 dos Cavaliers apresentou uma mensagem bem percetível nas sapatilhas

Estrondoso em todos os aspetos. Foi assim LeBron James na visita dos Cleveland Cavaliers ao reduto dos Washington Wizards. O “King” reinou no que ao basquetebol diz respeito, com o sexto triplo-duplo da temporada (quarto nos últimos cinco jogos), liderando a sua equipa à vitória (99-106). Os Cavaliers ocupam o segundo posto na zona Este da NBA, com 23 vitórias e oito derrotas, e têm o próximo desafio nesta quinta-feira, em casa, perante os Chicago Bulls. No entanto, foi a mensagem que passou através das sapatilhas que causou o maior impacto. LeBron entrou em campo com uma sapatilha branca e outra preta, e em ambas podia ler-se uma única palavra: “Igualdade.”

O gesto, claro, foi tudo menos inocente. Tratou-se, antes de mais, de uma jogada de marketing para promover a sua nova linha de calçado desportivo, mas foi também uma mensagem claramente direcionada a Donald Trump, aproveitando a visita à capital norte-americana (a Casa Branca estava a pouco mais de um quilómetro de distância). No fim do encontro, o ala dos Cavaliers explicou o que pretendia. “Obviamente, sabemos onde estamos agora e sabemos quem está no comando aqui. A igualdade diz respeito a entender os nossos direitos, entender o que representamos e o quão poderosos somos como homens e como mulheres, pretos ou brancos ou hispânicos. Este é um país lindo e nós, americanos, independentemente da cor da pele, da raça, de quem somos, temos de entender que temos de ter direitos iguais e lutar por aquilo que defendemos”, disparou LeBron, sem nunca mencionar diretamente o presidente dos Estados Unidos.

Crítico frequente e explícito de Trump, LeBron James apoiou a candidata democrata derrotada, Hillary Clinton, nas eleições presidenciais de 2016. Daí para cá, nunca se coíbe de criticar o presidente eleito.

No encontro com os Wizards, o quatro vezes eleito MVP da temporada somou, além do triplo-duplo, ainda 20 pontos, 12 ressaltos e 15 assistências, contribuindo decisivamente para o 18º triunfo dos Cavaliers nos últimos 19 jogos. “Ele afeta o jogo de muitas maneiras e faz uma série de jogadas para nós. Prepara-nos e coloca-nos nos sítios certos. É o que ele faz, é o nosso líder”, disse no fim Kevin Love, o jogador com mais pontos no encontro (25).

O sexto triplo-duplo da temporada foi também o 61º na carreira. Neste aspeto, LeBron tem já o sexto melhor registo de sempre na NBA. No horizonte tem agora os números do lendário Wilt Chamberlain (78) e de Russell Westbrook (89), este ainda no ativo – representa os Oklahoma City Thunder. Está, contudo, ainda muito longe do rei: Oscar Robertson. The Big O, como era conhecido, conseguiu a incrível marca de 181 triplos-duplos entre 1960 e 1974, ao serviço dos Cincinnati Royals e dos Milwaukee Bucks.

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×