21/9/18
 
 
Morte de homem atacado por veado está a ser investigada pela ACT

Morte de homem atacado por veado está a ser investigada pela ACT

Jornal i 14/12/2017 15:01

A Autoridade para as Condições do Trabalho - ACT – revelou hoje, quinta-feira, que já está a investigar o acidente de trabalho que ocorreu ontem, numa herdade em Alcáçovas.

"Abrimos um processo inspetivo, que está a decorrer, e estamos a averiguar as causas do acidente", revelou, em declarações à agência Lusa, a diretora Centro Local do Alentejo, Ana Isabel Machado.

A vítima tinha 62 anos, e morreu esta terça-feira, após ter sido, alegadamente, atacada por um animal de grande porte, segundo revela a mesma fonte.

O adjunto do comando dos Bombeiros Voluntários de Viana do Alentejo, Miguel Fadista, avançou à Lusa que os vários elementos da corporação mobilizados para a ocorrência não viram o animal que atacou o homem, "mas as pessoas que trabalham na herdade disseram que tinha sido um veado".

"Agora, se o veado era da própria herdade ou se era selvagem, isso não sabemos dizer. O que sabemos é que o trabalhador andava a dar comida ao gado, quando foi atacado, e que a herdade é zona de reserva de caça", referiu ainda.

 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×