19/9/18
 
 
Europa. Muçulmanos podem triplicar até 2050

Europa. Muçulmanos podem triplicar até 2050

SHUTTERSTOCK Jornal i 30/11/2017 20:35

Mesmo num modelo de imigração nula, a população crescerá pela taxa de natalidade.

A população muçulmana europeia encontra-se numa trajetória de crescimento e pode até triplicar até ao ano 2050 num cenário em que as taxas dos últimos três anos de imigração e acolhimento de refugiados continuem nos mesmos níveis.

A conclusão foi anunciada esta quinta-feira pelo instituto americano Pew Research Center e defende que num caso em que os níveis extraordinários registados de 2014 a 2016 não se alterarem, a população atual de 25,8 milhões de muçulmanos na Europa, ou 4,9% do total, cresceria para os 73,7 milhões e alcançaria os 14% da população.

Em todo o caso, este modelo não descreve, por exemplo, a realidade portuguesa, onde vivem apenas 0,5% de muçulmanos e, mesmo no cenário de elevada imigração, o crescimento seria apenas para os 2,5% em 2050.

Este é apenas um dos três cenários apresentados pelo Pew – o das taxas de imigração e deslocação elevadas, que, em todo o caso, não se espera que se repitam. Num segundo cenário, o da imigração moderada, a contabilizada até 2014, a população muçulmana na Europa aumentará dos 4,9% para os 11,2%, ou 59 milhões de pessoas.

No cenário de imigração nula, no qual as chegadas parariam este ano, a população muçulmana crescerá também, mas apenas para os 7,4% da população total, ou mais ou menos 39 milhões de pessoas. Isto deve-se à maior taxa de natalidade na população muçulmana que a de outros segmentos da sociedade. 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×