19/11/18
 
 
Criminoso de guerra croata tenta suicidar-se em audiência de recurso
Slobodan Praljak no momento da ingestão do veneno

Criminoso de guerra croata tenta suicidar-se em audiência de recurso

Slobodan Praljak no momento da ingestão do veneno ICTY Ricardo Cabral Fernandes 29/11/2017 12:58

Slobodan Praljak ingeriu veneno 

Condenado por crimes de guerra e contra a Humanidade e sentenciado a 20 anos de prisão em 2013, o croata Slobodan Praljak tentou hoje suicidar-se na audiência do pedido de recurso do Tribunal Penal Internacional para a ex-Jugoslávia com a ingestão de veneno. 

No decurso da audiência, Praljak levantou-se, levou as mãos à boca e inclinou a cabeça para trás ingerindo o líquido de um pequeno frasco de vidro. O juiz presidente Carmel Agius suspendeu imediatamente a audiência e uma ambulância foi chamada. "Suspendemos...suspendemos...Por favor, as cortinas. Não tirem o frasco que ele usou quando bebeu algo", disse o juiz nos momentos imeadiatos à ingestão do veneno. Em resposta, Praljak afirmou: "Tomei veneno". 

Slobodan Praljak, antigo comandante do Estado-maior das forças de defesa bósnio-croatas durante a Guerra da Jugoslávia, foi condenado por crimes de guerra e contra a Humanidade. Informado de que os soldados sob o seu comando estavam a reunir muçulmanos em Prozor no verão de 1993 para procederem a execuções em massa, Praljak não encetou quaisquer esforços para os travar. 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×