18/11/18
 
 
"A geringonça, tal como existiu nestes dois anos, acabou", diz Marques Mendes

"A geringonça, tal como existiu nestes dois anos, acabou", diz Marques Mendes

José Sérgio Luís Claro 20/11/2017 07:56

Ex-líder do PSD acredita que governo vai entrar numa fase "dificílima"

Marques Mendes considera que o governo socialista "está e entrar numa nova fase" e "vai entrar numa fase dificílima".  

O conselheiro de Estado defendeu que António Costa "perdeu autoridade" e "já não é a pessoa que era", devido à crise dos incêndios e de Tancos e ao "puxão de orelhas" do Presidente da República.

"Parece que anda aqui à deriva. O costismo está cada vez mais parecido com o guterrismo. Não se decide nada", afirmou Marques Mendes, no seu espaço de comentário, na SIC.

Para Marques Mendes, o governo está a perder a "solidariedade" do PCP e do BE e "a geringonça, tal como existiu nestes dois anos, acabou".

O ex-líder do PSD não prevê uma crise política, mas acredita que o PCP, na sequência do mau resultado das autárquicas, mudou de estratégia e vai fazer tudo para "desgastar o governo" e "tentar em dois anos apresentar todas as suas reivindicações". 

"A solidariedade que existia entre os três parceiros acabou. PCP e Bloco de Esquerda vão ser muito mais oposição a partir de agora", concluiu o comentador. 

 

 

 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×