23/9/18
 
 
“Feitio de gaja”. Capazes acusa Bruno de Carvalho de homofobia e machismo

“Feitio de gaja”. Capazes acusa Bruno de Carvalho de homofobia e machismo

João Porfírio André Vinagre 18/11/2017 11:16

O presidente do Sporting tinha dito que o comentador Rui Santos tinha “feitio de gaja” e a associação feminista acusa-o de homofobia e machismo.

Depois de Bruno de Carvalho ter publicado no Facebook um longo texto a atacar o comentador Rui Santos, dizendo que tem “feitio de gaja” e um “piquinho a azedo”, a associação feminista Capazes já veio reprovar a linguagem usada pelo líder sportinguista.

“Homofobia, misoginia, sexismo, machismo, preconceito. A linguagem de Bruno de Carvalho é um tratado de discriminação”, lê-se na página do Facebook da associação.

Bruno de Carvalho não perdeu tempo e respondeu: “Eu só discrimino a estupidez humana”.

Também no Facebook, o líder leonino recusa as acusações de sexismo e machismo, dizendo que “um homem comandado por 4 mulheres que vão passar a ser 5 ser machista é algo absolutamente absurdo”. “Aliás, se formos ver bem até sou muito feminista”, acrescenta.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×