16/11/18
 
 
Homem que matou filha recém-nascida foi assassinado na prisão

Homem que matou filha recém-nascida foi assassinado na prisão

shutterstock Jornal i 15/11/2017 14:37

Inglês terá sido morto por outro preso na cadeia de Leeds

Liam Deane, de 22 anos, confessou ter matado a filha, com poucos dias de vida, por esta não parar de chorar.

O homem começou por dizer que a bebé tinha caído, mas quando confrontado pela polícia admitiu ser o responsável pelos graves ferimentos da criança.

O homem, entretanto, foi detido, tendo confessado as agressões à filha. O procurador encarregue pelo caso afirmou que os ferimentos além de serem bastante graves estavam espalhados pelo cérebro, cara e corpo.

"Ele disse que era responsável por todos os ferimentos que ela tinha e contou que Luna não parava de chorar e ele perdeu o controlo", acrescentou Michael Smith.

O inglês foi levado para a cadeia em Leeds há cerca de um mês, e agora foi encontrado morto na sua cela, pensa-se que terá sido John Westland de 28 anos, outro preso, a assassiná-lo.

Westland já foi presente ao juiz pelo crime e não falou sobre o mesmo, tendo apenas confirmado os seus dados pessoais em tribunal, está já marcada nova sessão para quinta-feira.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×