25/9/18
 
 
Gatos conseguem diminuir risco de desenvolvimento de asma nas crianças

Gatos conseguem diminuir risco de desenvolvimento de asma nas crianças

Jornal i 13/11/2017 12:03

O estudo foi feito pelo Centro de Investigação de Asma na Infância de Copenhaga

Um estudo do Centro de Investigação de Asma na Infância de Copenhaga, na Dinamarca, revelou que as crianças que nascem e crescem com gatos têm menor risco de sofrer de asma.

O estudo, que foi publicado na revista Journal of Allergy and Clinical Immunology , concluiu que o contacto permanente com gatos faz com que exista uma menor variação do gene 17q21, responsável pelo aparecimento de alguns tipos de doenças alérgicas em pessoas.

O estudo fez uma análise médica, genética e ambiental de 377 crianças, cujas mães tinham asma. Um terço das crianças apresentou variações no gene de asma, no entanto, a presença de um gato nas suas vidas fez com que o risco de desenvolver a doença diminuísse.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×