17/11/18
 
 
Web Summit. Quanto custou alugar o Panteão Nacional?

Web Summit. Quanto custou alugar o Panteão Nacional?

Jornal i 12/11/2017 11:15

O aluguer é permitido por lei, mas o governo admite rever regulamento

Os fundadores da Web Summit escolheram o Panteão Nacional para fazer o jantar de encerramento. No entanto, a escolha está a criar polémica, no entanto, alugar o espaço é permitido por lei.

Um regulamento com data de 2014, determina os preços de aluguer de monumentos, palácios e museus nacionais. “Todas as atividades e eventos a desenvolver terão de respeitar o posicionamento associado ao prestígio histórico e cultural do espaço cedido”, afirma o Regulamento de Utilização de Espaços nos serviçoes dependentes da Direção Geral do Património Culturas. Já no caso em questão, existe uma lista de eventos permitidos que inclui atos solenes, banquetes e receções.

Os preços podem atingir os cinco mil euros, por evento, dependendo se é de natureza cultural ou comercial. Se forem eventos culturais o preço desce para os 1500 euros e para jantares, dependendo da localização o preço varia dos 1500 euros no coro alto do Panteão até aos três mil euros se se realizar no corpo central.

Alugar a sala sul e o terraço custa 750 euros, para um evento cultural e cinco mil para um evento comercial. No entanto, esta regulamentação vai ser revista pelo governo, depois da polémica em torno do jantar da Web Summit.

O primeiro-ministro considerou o evento como uma utilização indigna dos que honramos no Panteão e admitiu ser “ofensivo utilizar desse modo um monumento nacional".

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×