28/10/20
 
 
Segundo assalto a um ministro no espaço de quatro meses

Segundo assalto a um ministro no espaço de quatro meses

Jornal i 26/10/2017 10:39

Ministro da Cultura assaltado em casa. Assaltantes levaram telemóvel e carteira.

O ministro da Cultura foi assaltado terça-feira na sua própria casa, enquanto dormia. Luís Castro Mendes e a mulher estavam a dormir quando os assaltantes entraram na sua casa, na zona das Avenidas Novas, em Lisboa.

O assalto aconteceu sem que o governante se apercebesse, tendo dado conta apenas quando se levantou para fazer um telefonema urgente e não encontrou o telemóvel. Ao “Correio da Manhã”, contou que os assaltantes levaram o iPhone e uma carteira com documentos.

Além da casa de Castro Mendes, outras duas foram assaltadas nos mesmos moldes, o que leva as autoridades a acreditar que se trata do mesmo grupo e diminui a probabilidade de ter sido um assalto com alvo premeditado.

 

Outros casos

Os últimos meses não têm sido fáceis para alguns membros do governo e são já quatro as vítimas de assaltos.
O carro particular da ex-ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa, foi assaltado no dia dos incêndios de Pedrógão Grande. Também este ano, o carro do secretário de Estado do Ambiente foi assaltado. Levaram computadores e, com eles, “o trabalho de uma vida”, lamentou Carlos Martins.

Em agosto do ano passado, o ministro da Educação foi assaltado no Brasil. Tiago Brandão Rodrigues e a assessora foram abordados por um indivíduo armado de uma faca que os forçou a entregar carteira, dinheiro e telefone.

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×