25/10/20
 
 
Um dos mais antigos instrumentos de navegação é português

Um dos mais antigos instrumentos de navegação é português

PHILIP KOCH Jornal i 24/10/2017 15:16

O astrolábio foi descoberto em 2014 e soube-se agora que é o mais antigo do mundo.

É um dos tesouros da Esmeralda, uma nau que naufragou em 1503 e que integrou a armada de Vasco da Gama para a Índia, descoberta no ano passado pelo explorador David Mearns, ao largo da ilha Al Hallaniyah, em Omã - o astrolábio mais antigo do mundo.

Foi descoberto numa das expedições do explorador, em 2014, e agora, segundo relata a BBC, arqueólogos marinhos revelaram que o objeto é um astrolábio, um instrumento usado por marinheiros para medir a altura do sol durante as viagens. É, além disso, o mais antigo exemplo conhecido deste tipo de instrumento de navegação.

À BBC, o explorador David Mearns, da empresa britânica Blue Water Recovery, disse ser “um grande privilégio encontrar algo tão raro, algo tão importante historicamente, algo que será estudado pela comunidade arqueológica e que preenche uma lacuna”.

O astrolábio, um pequeno disco de bronze com um diâmetro de 17,5 centímetros e perto de dois milímetros de espessura, está entre os quase 3 mil artefactos encontrados em diversos mergulhos. "Não era parecido com nada que tivesse visto e soube imediatamente que era algo importante porque conseguia ver dois emblemas" – o brasão português e o brasão de D. Manuel I.

Este é o 108.º astrolábio a ser catalogado, o que faz dele um instrumento de navegação extremamente raro. “Acredito que remonte ao período entre 1495 e 1500. O ano exato não sei – mas remonta a esse período estreito”.

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×