23/9/18
 
 
OMS recua na nomeação de Mugabe para pôr fim a polémica

OMS recua na nomeação de Mugabe para pôr fim a polémica

AFP Jornal i 22/10/2017 13:39

Presidente do Zimbabué tinha sido nomeado embaixador da boa-vontade

O Organização Mundial de Saúde (OMS) voltou atrás e o Presidente do Zimbabué já não será embaixador da boa vontade.

A decisão foi anunciada este domingo, depois de ontem o diretor-geral da OMS ter admitido que estava a pensar a nomeação de Robert Mugabe, tendo em conta a onda de críticas e de indignação que gerou.

Recorde-se que a organização especializada da ONU, atualmente liderada pelo antigo ministro da Saúde da Etiópia Tedros Adhanom Ghebreyesus, tinha convidado Mugabe, de 93 anos, para ser embaixador da boa vontade e promover a luta contra doenças não transmissíveis em África.

Mugabe está na presidência desde 1980 e a oposição zimbabueana sublinha que o sistema de saúde colapsou desde que o país está sob o regime considerado autoritário.

De todo o lado chegaram críticas, quer de países, como o Reino Unido e os EUA, quer de ONGs como a Human Rights Watch.

Tedros Adhanom foi assim levado a voltar atrás com a sua decisão e já terá informado o próprio Robert Mugabe.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×