25/5/20
 
 
TAP e AICEP promovem Portugal em conjunto

TAP e AICEP promovem Portugal em conjunto

Magalhães Afonso 17/10/2017 21:45

A TAP e a Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP) vão promover em conjunto o destino Portugal. A companhia de aviação está também a estudar a abertura de rotas nos EUA.

Um protocolo de cooperação assinado esta terça-feira prevê que TAP e AICEP organizem várias iniciativas integradas "que permitam potenciar a internacionalização da economia nacional".

Entre as ações previstas pelo acordo estão viagens empresariais coincidentes com a abertura de novas rotas por parte da companhia aérea. O objetivo é incentivar as empresas portuguesas a conhecer novos mercados.

O protocolo de cooperação foi assinado por Luís Castro Henriques, presidente da AICEP e Fernando Pinto, CEO da TAP. Fernando Pinto, citado pelo "JdN" disse que "a TAP como uma das principais exportadoras nacionais sabe a importância da internacionalização das empresas portuguesas".

Já Miguel Frasquilho, atual chairman da TAP e ex-presidente do AICEP, também presente, considerou que o protocolo reforla o compromisso da TAP "para com a internacionalização da economia nacional e o desenvolvimento sustentado do país".

Também esta terça-feira David Neeleman, acionista da Atlantic Gateway, o consórcio privado que controla 45% da TAP, revelou que a companhia estuda o aumento dos seus voos para os EUA, com a abertura de rotas para Chicago e São Francisco.  

“Os nossos planos passam por voar para mais cidades, certamente para algumas dessa lista [de origem dos passageiros que voam na TAP via Jetblue]", disse Neelman a propósito da Jetblue, que fundou, ser responsável por dois terços dos passageiros de ligação que voam na TAP dos EUA para Portugal.

"Especialmente para as cidades onde estão os nossos parceiros, como Chicago… ou São Francisco, onde há uma grande comunidade portuguesa", acrescentou.  

Nos EUA, a TAP voa para Nova Iorque, Newark, Boston e Miami. Também voa ara Toronto, no Canadá. As rotas de Boston e Nova Iorque têm tido muitos passageiros que começam as suas viagens na Jetblue, companhia que opera em 31 cidades norte-americanas.  

Na rota Boston-Lisboa, 30% dos passageiros iniciaram a viagem na Jetblue, tendo depois apanhado o voo da companhia portuguesa. A Jetblue é ainda responsável por transportar 20% dos passageiros que voam na TAP a partir do aeroporto de Nova Iorque.

São Francisco, Los Angeles, Washington DC, Chicago, Atlanta, Denver, Dallas, Tampa e Detroit são as principais cidades de origem dos passageiros da Jetblue que depois voam na TAP a partir de Boston e JFK.

Sem a parceria com a Jetblue, Boston e Nova Iorque só seriam rentáveis no verão. "[A parceria] é mesmo, mesmo benéfica na época baixa. E também é benéfica para a Jetblue", resume David Neeleman.

E a maioria dos passeiros não fica em Lisboa. 55% dos passageiros seguem para outros destinos na Europa, dois terços deles para Roma, Barcelona e Madrid. Neeleman revelou ainda que a TAP se "está a sair muito bem" em destinos secundários de Espanha e França, como San Sebastián, Nice, Valência ou Bordéus.

Sem esta parceria com a Jetblue, Boston e Nova Iorque JFK só seriam rentáveis no período de Verão. "[A parceria] é mesmo, mesmo benéfica na época baixa. E também é benéfica para a Jetblue", diz David Neeleman.

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×