17/12/17
 
 
Professores em greve de 6 de novembro a 15 de dezembro

Professores em greve de 6 de novembro a 15 de dezembro

José Sérgio Jornal i 12/10/2017 15:19

Os professores fazem um pré-aviso, e ameaçam poder faltar a todas as atividades não letivas.
 

Os professores e educadores do ensino básico e secundário anunciaram hoje, quinta-feira, que vão fazer greve parcial no último mês de aulas do primeiro período, que pode mesmo chegar a estender-se até ao segundo período, caso a tutela ignore as reivindicações acerca dos horários de trabalho.

Os elementos da Federação Nacional dos Professores - Fenprof - entregaram esta quinta-feira, no Ministério da Educação, um pré-aviso de greve, que terá início a 6 de novembro e terminará a 15 de dezembro, e envolve todas as atividades desenvolvidas diretamente com os alunos que estejam inscritas na componente não letiva.

"Os professores e educadores têm um horário global de 35 horas e, neste momento, o levantamento que está feito de forma ampla e envolvendo milhares de professores mostra que os professores estão a trabalhar semanalmente, em média, 46 horas e 40 minutos", referiu o secretário-geral da Fenprof, Mário Nogueira, em declarações à comunicação social, após a entrega do pré-aviso de greve.

Em causa está o facto de os docentes trabalharem diretamente com os alunos em atividades variadas, como apoios, coadjuvação ou projetos específicos de promoção do sucesso, sem que essas horas sejam consideradas componente letiva
 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

Não tem utilizador? Clique aqui para registar

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×