21/9/18
 
 
Recluso incendeia cela e agride guardas em prisão de Leiria

Recluso incendeia cela e agride guardas em prisão de Leiria

Jornal i 22/09/2017 16:30

Um recluso do Estabelecimento Prisional de Leiria incendiou a sua cela e agrediu dois guardas prisionais que acabaram por ser transportados para o hospital da zona 
 

Um recluso do Estabelecimento Prisional de Leiria pegou fogo à cela, e agrediu dois guardas prisionais, esta sexta-feira, adianta fonte da Direção Geral de Reinserção e Serviços Prisionais – DGRSP -  à Lusa.

“Um recluso afeto ao Estabelecimento Prisional de Leiria (jovens), na sequência de ter incendiado alguns pertences seus dentro da cela (situação rapidamente sanada), agrediu dois chefes da guarda prisional, tendo sido requerida a assistência do INEM para os guardas agredidos".

Os dois guardas prisionais foram transportados para o Hospital de Santo André, em Leiria, "tendo um deles regressado ao Estabelecimento Prisional após tratamento e o outro sido encaminhado para o Hospital da Universidade de Coimbra para consulta de oftalmologia".

A DGRSP revela ainda que o recluso, de 23 anos, foi condenado a nove anos e seis meses de prisão pelos crimes de roubo, furto, ofensas à integridade física, abuso de confiança e dano qualificado, e tem estado a ser "acompanhado em consultas de psiquiatria, em consequência de comportamentos desajustados".

No local estiveram presentes duas viatuas com cinco operacionais.

 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×