19/11/18
 
 
Arranhões são "coisas comuns da vida", justifica suspeito do rapto de Maëlys

Arranhões são "coisas comuns da vida", justifica suspeito do rapto de Maëlys

Jornal i 12/09/2017 09:05

Declarações foram divulgadas na noite de segunda-feira

Pouco antes de ter sido detido preventivamente, Nordahl L., o principal suspeito do desaparecimento de Maëlys de Araújo de nove anos, falou com um jornalista do programa ‘Sept à huit’ da TF1 sobre os arranhões que foram encontrados no seu corpo.

Questionado sobre a possibilidade de os arranhões serem uma pista que o poderá incriminar, o homem respondeu que são “coisas comuns da vida” que acontecem no quotidiano. “Eu tenho um jardim, às vezes acontece com um pequeno ramo. Mas os investigadores não entenderam”, frisou o homem, cujas declarações foram divulgadas na noite de segunda-feira.

Nordahl L.foi detido uma segunda vez depois de terem sido descobertos vestígios do ADN da criança no painel do seu carro. O suspeito confessou que a criança esteve no interior do seu carro, contudo continua a alegar a sua inocência.

Mais tarde, soube-se que o porta-bagagens do carro do principal suspeito do rapto terá sido limpo com um produto químico, usado geralmente para limpar jantes, que poderá estar a comprometer as buscas feitas pelos cães-polícia.

Maëlys, de 9 anos, está desaparecida desde o dia 27 de agosto e atualmente as buscas continuam, principalmente no lago que está perto da caso do suspeito. 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×