11/8/20
 
 
Agosto foi o mês de temperaturas máximas e mínimas ‘anormais’

Agosto foi o mês de temperaturas máximas e mínimas ‘anormais’

Jornal i 04/09/2017 08:34

O mês de agosto bastante foi quente em relação à temperatura e seco no que diz respeito à precipitação.

Segundo o boletim climatológico realizado e disponível no Boletim Climatológico do Instituto Português do Mar e da Atmosfera, "o valor da temperatura máxima do ar foi de 30,86 graus Celsius, mais 2,06 graus acima do valor normal, e corresponde ao 7.º valor mais alto desde 2000.

"Os maiores valores da máxima ocorreram em 2003, 2016, 2010, 2005, 2001 e 2013", refere o documento.

Além deste valores, o  IPMA indica também que o valor médio da temperatura mínima do ar - 15,19 graus Celsius - foi inferior ao valor normal.

O relatório destaca ainda que "os dias 3 e 6 e o período de 11 a 26 de agosto foram quentes, com valores altos da temperatura do ar, em particular da máxima".

De acordo com o IPMA, os dias 20 e 21 de agosto foram os dias mais quentes do mês com valores de temperatura média de 27,4 graus Celsius.

o IPMA revela também, no resumo, que 27% das estações meteorológicas registaram valores superiores a 40 graus.

Em relação à precipitação, o mês de agosto classificou-se como seco.

"Durante o mês apenas ocorreu precipitação nos últimos dias, em particular nos dias 28 e 29 em que se registaram valores de quantidade de precipitação significativos acompanhados de granizo e trovoada”, diz o Instituto Português do Mar e da Atmosfera.

 

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×