20/9/17
 
 
É provável que estes cães tenham um ‘ordenado’ mais alto do que o seu

É provável que estes cães tenham um ‘ordenado’ mais alto do que o seu

Joana Marques Alves 28/08/2017 17:33

Já tinha ouvido falar nestas 'estrelas'?

Já todos sabemos que o Instagram pode funcionar como uma máquina de fazer dinheiro, mas sabia que existem cães que têm um ‘ordenado’ superior ao da maioria das pessoas?

Veja o caso de ‘Manny the Frenchie’, o pit bull francês que é uma sensação nesta rede social. De acordo com o site Mashable, este cão já fez várias aparições pública, inclusive no conhecido talk show Good Morning America. Para além disso, Manny e o seu dono têm parcerias com as empresas Turtle Wax e Dremel.

 

🐶 Happy #nationaldogday! 🐶 I'm taking over @turtlewax's Instagram today! Make sure you tune in to see what I'm up to! 😀🐢

Uma publicação partilhada por Manny The Frenchie (@manny_the_frenchie) a

Chloe, um bull-dog francês, também é uma sensação na Internet: as suas fotografias são seguidas por mais de 175 mil pessoas. Há também o Shih Tzu Potato e o King Charles Toast – são seguidos por 54 mil e 378 mil utilizadores, respetivamente.

 

#lovesummerhateeverythingelse ps please check out adoptable pups on my Insta stories!!

Uma publicação partilhada por TOAST MEETS WORLD™ (@toastmeetsworld) a

Com tantos cães a fazer sucesso no Instagram, Lori Edwards, dona de Chloe, decidiu criar a Dog Agency, uma empresa que gere as ‘carreiras’ destes animais tão mediáticos.

De acordo com Edwards, em declarações ao site Mashable, Manny e os outros cães podem ganhar entre 10 mil a 15 mil dólares (entre oito mil e 13 mil euros) por publicação patrocinada.

 

hair snax 😜 #tbt

Uma publicação partilhada por Chloe The Mini Frenchie (@chloetheminifrenchie) a

“Claro que existem muitas variáveis (…) mas aqueles que têm milhares de seguidores fazem entre 3000 e 5000 dólares (entre 2500 e 4100 euros) por publicação com conteúdos patrocinados. Os que têm milhões de seguidores recebem entre 10 mil a 15 mil dólares (entre oito mil e 13 mil euros) por publicação”, explicou.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

Não tem utilizador? Clique aqui para registar

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×