23/9/18
 
 
Supermercado retira produtos estrangeiros das prateleiras e dá lição sobre racismo

Supermercado retira produtos estrangeiros das prateleiras e dá lição sobre racismo

Marta Cerqueira 25/08/2017 09:41

No lugar dos produtos de outros países foram deixadas mensagens como "Esta prateleira seria bastante aborrecida sem diversidade"

Os clientes do supermercado Edeka foram esta semana surpreendidos ao encontrarem as prateleiras praticamente vazias.

O supermercado de Hamburgo não teve qualquer problema com a reposição de stock, quis sim passar uma mensagem contra o racismo e a xenofobia. Isto porque, os poucos produtos expostos eram todos alemães e, no lugar onde estariam os estrangeiros, foram deixadas mensagens como “Esta prateleira seria bastante aborrecida sem diversidade ou “É assim que uma prateleira é sem [produtos] estrangeiros”.

“A Edeka defende a diversidade e temos uma vasta gama de produtos alimentares produzidos em várias regiões da Alemanha. Mas é com os produtos de outros países que criamos a diversidade que os nossos clientes valorizam”, explica a porta-voz da cadeia.

Tendo em conta o número de partilhas nas redes sociais e apesar das vozes críticas que defendem que uma cadeia de supermercados não deve assumir uma posição política, é quase certo que aquilo que perderam em vendas com a campanha, ganharam em publicidade.

Esta campanha acontece numa altura em que a questão da emigração está em cima da mesa, tendo em conta o crescendo de discursos racistas e xenófobos face a ao número de imigrantes que procuram uma alternativa em países europeus.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×