20/9/17
 
 
Bombardeamentos na Síria já fizeram mais de 9800 mortos

Bombardeamentos na Síria já fizeram mais de 9800 mortos

AFP Photo Joana Marques Alves 23/08/2017 16:01

Os ataques aéreos mataram 6846 militantes do autoproclamado Estado Islâmico

Desde 23 de setembro de 2014, altura em que os ataques aéreoa da coligação internacional contra os jihadistas, pelo menos 9842 pessoas morreram na Síria.

De acordo com o Observatório Sírio dos Direitos Humanos os 25 meses de bombardeamentos da coligação, comandada pelos Estados Unidos da América, fizeram vítimas nas províncias de Hasakah, Raqa, Alepo, Idleb e Deir Ezzor.

Das mais de 9800 vítimas, 2332 eram civis – 551 menores e 398 mulheres.

Os ataques aéreos mataram 6846 militantes do autoproclamado Estado Islâmico, a maioria estrangeiros. Para além disso, o relatório revela que foram mortos 141 combatentes da Frente Al-Nursa (o ramo sítio da Al-Qaeda) e 167 militantes de diferentes grupos jihadistas.

Os bombardeamentos mataram também 140 efetivos das forças governamentais sírias.

A coligação está agora focada na cobertura aérea à ofensiva das Forças Democráticas da Síria contra Raqa, o principal bastião do Estado Islâmico.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

Não tem utilizador? Clique aqui para registar

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×