19/11/17
 
 
Secretária de Estado assume publicamente homossexualidade

Secretária de Estado assume publicamente homossexualidade

João Porfírio Jornal i 22/08/2017 13:26

Graça Fonseca faz declaração pública por que “as leis não bastam para mudar mentalidades”

A secretária de Estado da Modernização Administrativa, Graça Fonseca, assumiu publicamente ser homosexual, numa entrevista ao Diário de Notícias.

Este é um dos poucos casos em que um governante declara publicamente a sua homossexualidade. Graça Fonseca considera “importante” fazer a declaração a que chama “afirmação política”.

“Acho que as leis não bastam para mudar mentalidades, não bastam para mudar a forma como olho para o outro, que aquilo que muda a forma como olhamos para os fenómenos tem muito que ver com empatia".

Daí que, na opinião da secretária de Estado, seja importante haver uma declaração pública, até porque há poucas pessoas a assumirem a sua homossexualidade.

“As pessoas afirmarem publicamente que são homossexuais, não há muito quem o tenha feito. E acho que isso é importante”, afirmou a secretária de Estado.

Para a governante a questão do exemplo é da identificação com o outro é muito importante. “Se as pessoas começarem a olhar para políticos, pessoas do cinema, desportistas, sabendo-os homossexuais, como é o meu caso, isso pode fazer que a próxima vez que sai uma notícia sobre pessoas serem mortas por serem homossexuais pensem em alguém por quem até têm simpatia”, sublinhou.

“E se as pessoas perceberem que há um seu semelhante, que não odeiam, que é homossexual, isso pode fazer que a forma como olham para isso seja por um lado menos não querer saber se essas pessoas são perseguidas, por outro lado até defender que assim não seja. Mas mesmo que seja só deixar de não querer saber já é um ganho”, acrecentou Graça Fonseca.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

Não tem utilizador? Clique aqui para registar

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×