28/01/2022
 
 
Templo Romano de Évora restaurado devido a risco de queda

Templo Romano de Évora restaurado devido a risco de queda

Shutterstock Jornal i 14/08/2017 18:16

As obras irão começar já na sexta-feira

O Templo Romano de Évora foi construído há dois mil anos e vai ser alvo de uma intervenção de conservação urgente, após ter sido considerado um risco de queda de fragmentos.

Segundo afirmou a diretora regional de Cultura do Alentejo, Ana Paula Amendoeira, à Lusa, o risco de queda de fragmentos foi identificado numa monotorização feita em junho.

A rápida intervenção é para que se evite a perda irreversível das várias partes do monumento, bem como algum acidente, devido ao elevado número de pessoas que circulam naquela zona diariamente.

A Direção Regional de Cultura do Alentejo juntamente com a Câmara de Évora vão promover as obras, que vão arrancar já na sexta-feira, devendo estar acabadas dentro de quatro meses. De acordo com Ana Paula Amendoeira, as obras não serão complexas nem muito caras, sendo que o restauro do monumento não irá ultrapassar os 50 mil euros.

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline