24/1/20
 
 
Futebol de praia. “Enfrentar este Mundialito na máxima força”

Futebol de praia. “Enfrentar este Mundialito na máxima força”

João Porfírio Laura Ramires 19/07/2017 22:04

A praia de Carcavelos acolhe entre os próximos dias 21 e 23 de julho o Mundialito de futebol de praia, que conta com a participação das seleções de Portugal, Brasil, Rússia e França

É já esta sexta-feira que arranca o Mundialito de futebol de praia, que tem a de Carcavelos como palco do evento.

Andrade (Crystal St. Petersburgo), Bruno Torres, Jordan Santos, José Maria, Léo Martins e Bernardo Martins (SC Braga), Madjer, Rui Coimbra, Ricardinho e Tiago Petrony (Sporting) são os escolhidos do selecionador Mário Narciso para a competição que tem início marcado para sexta-feira e se prolonga até domingo.

A seleção das quinas estreia-se na sexta-feira, a 19 julho, diante da França, sendo a seleção russa a segunda adversária, no sábado. No domingo está marcado o ‘jogo grande’ que coloca frente a frente no areal Portugal e Brasil.

O jogador que representa o SC Braga, Léo Martins, garantiu que o objetivo passa pela conquista do título, troféu que Portugal anda à procura desde 2014. “Acredito que será um dos Mundialitos mais difíceis, pelas equipas que estão em competição, já que estão presentes as melhores seleções do Mundo. Existem todas as condições para que seja um grande Mundialito. O objetivo é voltar a conquistar o título. Portugal entra sempre para vencer, seja em que competição for, e esta é sem dúvida uma prova que queremos ganhar”, adiantou em declarações ao site da Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

Motivados pelas recentes vitórias conseguidas na Nazaré, na 1.ª Liga de Apuramento para a Liga Europeia, a confiança da armada lusa parece evidente. “A equipa ganhou muita confiança agora para encarar o Mundialito”, adiantou ainda Martins.

Durante o dia de ontem, que contou com mais uma sessão de treinos na praia onde irá decorrer a competição, o também jogador do SC Braga, Bruno Torres, voltou a confirmar as palavras do companheiro de clube e seleção. “A equipa está pronta, como sempre. Preparamo-nos durante toda o ano para estarmos no máximo nesta altura da época. Estamos concentrados e aplicados para enfrentar este Mundialito na máxima força” num momento em que aproveitou para relembrar que vão estar reunidos os únicos campeões do mundo naquele que poderá ser considerado o “melhor Mundialito de sempre”. “São três adversários muito difíceis, numa competição digna de um Campeonato do Mundo. Aliás, nesta prova estão presentes os únicos campeões do Mundo e nesse sentido muita gente diz que este poderá ser o melhor Mundialito de sempre. O objetivo passa por tentar conquistar o título. No ano passado não conseguimos vencer, perdemos o jogo decisivo com o Brasil, foi uma grande final. Esperamos que este ano sejamos nós os vencedores”, assumiu.

No fim, Torres deixou um agradecimento especial aos adeptos portugueses que considerou serem os mais “fervorosos”. “O que nós sentimos é que sempre que jogamos em casa temos um forte apoio do público. Notamos, realmente, que há uma diferença muito grande em termos da paixão portuguesa pela modalidade, relativamente a outros países. Já jogámos em várias partes do Mundo e podemos dizer que não existem adeptos fervorosos como os nossos”, finalizou.

Este fim de semana todos os caminhos vão dar a Carcavelos.

 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×