20/11/17
 
 
Grande Praia... que o diga Vasco Ribeiro e Carol Henrique

Grande Praia... que o diga Vasco Ribeiro e Carol Henrique

Luís Niza Jornal i 16/07/2017 21:13

Quarta etapa, na Praia Grande, termina com vitória do surfista cascalense e da campeã nacional em título. Ambos lideram respetivos rankings

Dia em cheio para Vasco Ribeiro e Carol Henrique! O ex-tricampeão nacional e a atual campeã nacional tiveram um domingo de sonho na Praia Grande e no Allianz Sintra Pro ao conseguirem a vitória nas suas categorias e, consequentemente, a vitória da Allianz Triple Crown e a subida à liderança dos rankings da Liga.

A final masculina opôs dois amigos e rivais de longa data, Vasco Ribeiro e Miguel Blanco. O surfista cascalense, orientado por Tiago ‘Saca’ Pires, está num excelente momento de forma, tendo chegado a Sintra depois de um expressivo resultado internacional e já com uma vitória na Liga em 2017. Já Blanco chegou à Praia Grande numa notável sequência de resultados na Liga, um 5º lugar e um 2º, ou seja, marcou presença na sua segunda final consecutiva da Liga MEO Surf.

A final teve o nível que se esperava. Miguel Blanco começou logo com uma nota muito boa e Vasco Ribeiro, com outra perto disso. Blanco assumia o primeiro lugar mas não por muito tempo, uma vez que, logo de seguida, o ex-tricampeão nacional teve um sequência de ondas excelentes que deixou o seu adversário em combinação e relegado para a segunda posição. 

Vasco Ribeiro vencia, assim, o último heat da categoria masculina com um total de 17,65 pontos contra os 14,50 de Blanco.

“Em termos de resultados e pontuações, é capaz de ter sido dos meus melhores campeonatos de sempre. Desde o início do campeonato que me senti bem. O 5º lugar em Ballito deu-me outra confiança. Estou a sentir-me muito bem. Agora, é pensar no que aí vem!” referiu o surfista, à saída do heat da vitória.

Já na categoria feminina, a final foi dominada pela atual campeã nacional, Carol Henrique, 21 anos, que derrotou Mafalda Lopes, de 16 anos. Henrique, que também venceu a primeira etapa de 2017, mostrou toda a sua experiência e cedo no heat começou a fazer ondas boas, apesar de ter sido Lopes a primeira a inaugurar o heat com uma nota sólida e, de um ponto de vista geral, ter sido das surfistas mais marcantes da prova. Carol Henrique fez 13,5 pontos contra os 8,5 de Mafalda Lopes.

“Estou contente! Neste campeonato, estive mais focada nas performances que em obter um resultado específico. Encaro a Liga MEO como um treino mas, é claro, tenho objetivos, como ser campeã outra vez. Ainda há duas etapas e está tudo em aberto” afirmou depois da vitória.

Importa ainda realçar, na categoria feminina, as prestações de Yolanda Hopkins, que foi 3ª, a par de Camilla Kemp. No lado masculino, destaque para o 5º lugar de João Moreira, seu melhor resultado de sempre na Liga, e para o 5º lugar de Justin Mujica, campeão nacional de 2010 que voltou, na Praia Grande, aos bons lugares na principal competição nacional de surf.

Por último, nota para a vitória de Afonso Antunes, 13 anos, no MOCHE Groms Cup, a segunda vez que o consegue em 2017. Para além desta vitória, o surfista esteve também em destaque no evento principal ao ter chegado à 3ª ronda, garantindo assim um 13º lugar, o seu melhor lugar de sempre na Liga.

No que toca aos títulos nacionais, a corrida fica arredada para as próximas etapas. No masculino, qualquer um dos surfistas do top 5 (Vasco Ribeiro, Pedro Henrique, Gony Zubizarreta, Tiago Pires, e Miguel Blanco) tem hipóteses de ser campeão, sendo que o mesmo cenário acontece na categoria feminina (Carol Henrique, Teresa Bonvalot, Camilla Kemp, Yolanda Hopkins e Mafalda Lopes), ainda que a atual líder, Carol Henrique, possa ser considerada favorita por não ter nenhum resultado abaixo do 3º lugar.

Surpresa Tiago Pires, que chegou à Praia Grande no primeiro lugar do ranking, foi afastado na segunda fase da prova, num heat já decidido fora de água. O seu adversário direto, Pedro Coelho, ouviu a nota para a sua última onda, surfada nos instantes finais do heat, já na areia e não escondeu a sua felicidade quando soube que a pontuação obtida era suficiente para relegar Pires para o 3º lugar. Assim, Eduardo Fernandes foi 1º, Pedro Coelho 2º e, eliminados em 3º e 4º lugar, respectivamente, Tiago Pires e António Silva.

Na categoria feminina, Teresa Bonvalot, que começou o dia a vencer o seu heat da segunda ronda, não conseguiu obter igual resultado na terceira fase. A ex-bicampeã nacional foi eliminada, em 3º lugar, por Mafalda Lopes, 1ª, e Yolanda Hopkins, 2ª, com Leonor Fragoso na 4ª posição.

A próxima etapa da Liga MEO Surf é o Bom Petisco Cascais Pro e acontecerá entre os dias 14 e 16 de Setembro

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

Não tem utilizador? Clique aqui para registar

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×