17/10/17
 
 
Marcelo. "Tantas dezenas de mortes representam uma tragédia quase sem precedentes"

Marcelo. "Tantas dezenas de mortes representam uma tragédia quase sem precedentes"

Sónia Peres Pinto 18/06/2017 21:22

 O presidente da República anunciou ainda que amanhã vai estar novamente no local da tragédia.

"A nossa dor não tem medida, como não tem medida a nossa solidariedade”. É desta forma que Marcelo Rebelo de Sousa inicia o seu discurso sobre a tragédia de Pedrógão Grande e que provocou 61 mortos e 62 feridos.

O presidente da República disse ainda que esta é uma das maiores tragédias que Portugal já enfrentou. “Uma só morte em tais circunstâncias é sempre uma tragédia, tantas dezenas de mortes representam uma tragédia quase sem precedente na história do Portugal democrático”.

Marcelo admitiu que tragédia tinha um sabor maior de injustiça por ter atingido populações rurais. “Um sentimento de acrescida injustiça porque esta tragédia atingiu os portugueses de quem menos se fala. O país rural, isolado, com populações mais idosas”

 O presidente da República anunciou ainda que amanhã vai estar novamente no local da tragédia depois de já ter estado  no local esta madrugada.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

Não tem utilizador? Clique aqui para registar

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×