22/9/18
 
 
Seul quer fim das "provocações"

Seul quer fim das "provocações"

Magalhães Afonso 29/05/2017 09:43

A Coreia do Sul quer que a o vizinho a norte pare de “imediato" com todas as "provocações" e opte o mais cedo possível pela desnuclearização. A Coreia do Norte lançou um novo míssil balístico.

De acordo com o governo de Seul, o mais recente teste por parte de Pyongyang constitui "uma clara violação das resoluções do Conselho de Segurança da ONU e representa uma séria ameaça não apenas para a península coreana, mas também para a paz e segurança globais".

 "O Norte deve cessar imediatamente todas as provocações e enveredar pelo caminho da desnuclearização o quanto antes", acrescenta o ministério dos Negócios Estrangeiros da Coreia do Sul em comunicado.

De acordo com a agência de notícias sul-coreana Yonhap, que cita um comunicado do estado-maior das Forças armadas da Coreia do Sul, o míssil foi lançado perto da cidade norte-coreana de Wosan e percorreu 450 quilómetros em direcção a leste até cair em águas da Zona Económica Especial do Japão.

 "O governo [sul-coreano] não tolerará nenhum tipo de provocação e responderá com severidade", conclui o comunicado da diplomacia sul-coreana.

Este lançamento  é o nono que a Coreia do Norte desde o início do ano e o terceiro desde que Moon Jae-in assumiu a presidência da Coreia do Sul no passado dia 10. Os analistas consideram que os mais recentes ensaios militares são um teste ao novo executivo de Seul.

O novo governo da Coeria do Norte quer melhorar os laços com Pyongyang mas mantém as sanções.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×