21/9/18
 
 
EUA já perderam rasto a mil milhões de dólares em armas que foram parar às mãos de extremistas

EUA já perderam rasto a mil milhões de dólares em armas que foram parar às mãos de extremistas

Jornal i 24/05/2017 08:03

As forças Armadas norte-americanas já perderam o rasto a armamento no valor de mil milhões de euros, no Iraque e no Kuwait. Estima-se que parte destas armas tenham ido parar às mãos de extremistas, de acordo com um relatório da Amnistia Internacional.

Segundo um inquérito realizado em 2016, pelo Departamento de Defesa dos Estados Unidos, afirma-se que faltam “registos exatos e atualizados sobre as quantidades e localização” de equipamento que os americanos mandaram para abastecer o exército iraquiano.

Isto é algo que está a preocupar as forças Armadas norte-americanas, uma vez que já existe uma “longa história de fuga de armas norte-americanas para vários grupos armados que cometem atrocidades no Iraque, incluindo o Estado Islâmico”, avançou o investigador Patrick Wilcken, da Amnistia Internacional.

O armamento que se destinava a equipar o exército iraquiano, incluía dezenas de milhares de espingardas automáticas, centenas de munições de morteiro e veículos blindados.

Patrick adiantou ainda que “depois de tanto tempo e tantos avisos, repetem-se os mesmos problemas. Isto devia ser um alerta para os Estados Unidos e para todos os países que enviam armas para o Iraque. Mandar milhões de dólares de armas para dentro de um buraco negro e esperar que corra pelo melhor não é uma estratégia de contra-terrorismo viável, é apenas imprudente”.

 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×