28/5/17
 
 
Real Madrid. Será desta? Siii!!!

Real Madrid. Será desta? Siii!!!

Laura Ramires 19/05/2017 10:39

Real Madrid só precisa de um ponto para ser campeão espanhol, um título que não saboreia há cinco anos. O Barcelona espera novo milagre... ou apenas que o Málaga seja capaz de repetir o feito conseguido diante dos próprios catalães

La Rosaleda vai ser palco do jogo decisivo para o Real Madrid. Os merengues só precisam de um empate para se sagrarem os novos campeões de Espanha, um título que lhes escapa há cinco anos. Este domingo, a equipa de Cristiano Ronaldo desloca-se até casa do Málaga, numa altura em que o Barcelona se encontra com precisamente menos três pontos e entra em campo à mesma hora, para disputar a 38.ª e última jornada do campeonato espanhol. Já lá iremos.

Apesar de o Málaga até estar atualmente na melhor fase da época – não perde há cinco jogos consecutivos para a liga, sendo que o melhor até à data tinham sido três jogos sem derrotas –, em regra o clube orientado pelo espanhol Míchel González não coloca grandes dificuldade à equipa madrilena. Pelas 19 horas de domingo, os comandados de Zidane vão entrar em campo com a certeza que desde 1983 o Real perdeu apenas por uma vez diante do Málaga. No total dos 79 encontros já disputados na história dos dois clubes, o Real saiu derrotado somente em 10 ocasiões.

Estatísticas que, naturalmente, pouco vão importar no momento em que o 11.º classificado e o líder do campeonato estiverem dentro das quatro linhas.

“Vamos lá para ganhar, o objetivo desta equipa é sempre ganhar, o Málaga é forte, mas somos o Real Madrid e temos que mostrar que somos os melhores e que queremos ser campeões”, disse o capitão da seleção das quinas, depois de ter bisado no triunfo do Real Madrid contra o Celta de Vigo (4-1) na passada terça-feira.

Barça à espera de novo milagre?

O Barcelona vai medir forças, também este domingo às 19 horas, com o Eibar. O jogo em Camp Nou vai ter uma dose de ansiedade extra, com os catalães essencialmente focados no jogo disputado em Málaga.

A tarefa mais difícil para a equipa de Luis Enrique está longe de ser a obrigatoriedade da vitória, em casa (só não o conseguiu, para a liga, por uma vez esta época, contra o Alavés na jornada 3), mas sim acreditar que o Málaga consiga o mesmo feito que alcançou diante do conjunto composto pelo trio MSN (Messi, Suárez e Neymar). Recorde-se que o Málaga venceu na La Rosaleda o Barcelona, por 2-0, na ronda 31.

Será que o Barcelona ainda acredita em milagres? Na Liga dos Campeões, a façanha conseguida contra o PSG não se repetiu contra a Juventus e Xavi, até há bem pouco tempo um dos protagonistas do plantel e agora no Al-Sadd, confessou: “É muito difícil que o Real Madrid deixe escapar a Liga. Está muito forte. O jogo-chave era o de Vigo e ganhou. Oxalá pudesse perder no domingo com o Málaga e que o Barcelona possa ser campeão, mas, sinceramente, acho complicado”.

Velha senhora em busca do hexa

Em Itália quatro pontos separam Juventus e Roma, numa altura em que faltam jogar-se duas jornadas. Velha Senhora que segue na liderança, ambiciona atingir o hexacampeonato e assim manter a hegemonia na serie A. Por sua vez, a Roma tenta alcançar um título que foge há 16 anos. O último campeonato conquistado pelo clube da capital remonta a 2000/01, e foi o terceiro na sua história.

Missão pouco complicada nos dois campos, já que tanto a Juve como a Roma se vão debater contra conjuntos que se encontram abaixo de metade da tabela classificativa. Se a equipa de Massimiliano Allegri recebe o Crotone, 18.º classificado, na zona de despromoção, Luciano Spalletti e companhia seguem até casa do Chievo, atualmente no 13.º posto.

Em caso de vitória, a Juventus atinge o principal objetivo já este domingo e faz da última jornada, contra o Bolonha, apenas um prolongamento da festa...

 

Sem pressão Se há campeonatos por decidir, já há quem possa entrar em campo só para brindar os adeptos. Caso do Mónaco, que depois de ter saído vitorioso diante do Saint-Étienne chega ao Roazhon Park para defrontar um Rennes sem nada a perder ou a ganhar, no nono lugar da Ligue 1. Também o Chelsea segue nas mesmas condições. Com mais dez pontos que o segundo classificado, o Tottenham, e o único a entrar na marca dos 90 pontos, tem encontro marcado com o Sunderland para a tarde de domingo.

Apesar de já não haver nada para decidir, Stamford Bridge irá certamente encher, não só para ver os heróis jogar, mas também para ver a entrega do troféu aos sucessores dos campeões improváveis, o Leicester, que esta época se encontra num modesto 11.º lugar e até já esteve perto da zona de despromoção.

 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

Não tem utilizador? Clique aqui para registar

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×