21/8/17
 
 
Tecnologia desenvolvida por português melhora comunicação entre humanos e robots

Tecnologia desenvolvida por português melhora comunicação entre humanos e robots

Shutterstock Jornal i 16/05/2017 18:39

Tecnologia aumenta a capacidade que um robô tem de entender um ser humano 

Um investigador da Faculdade de Engenharia do Porto, João Lobato Faria, desenvolveu uma tecnologia que permite haver uma melhoria na maneira como os robôs e os humanos comunicam entre si, recorrendo a estímulos auditivos, como é o caso da fala, da música e da dança.

Esta tecnologia, denominada “Sound processing devie, sound processing method and sound processing program”, permite ao robô “mediar diversos modos de interação, otimizando a capacidade de processar sinais auditivos de diferentes naturezad, em simultâneo e em tempo-real”, avançou à Agência LUSA o investigador.

A tecnologia desenvolvida relaciona técnicas de processamento de sinal auditivo, assim como o reconhecimento da fala, a deteção de batidas musicais, a localização e a separação de fontes sonoras e supressão de ruído (provocado pelos movimentos de dança sincronizada do robô).

De acordo com uma fonte da Universidade do Porto, esta é a primeira tecnologia desenvolvida por um investigador desta instituição de ensino superior a ser patenteada no Japão.

Para além das aplicações no domínio da robótica, a tecnologia – que durou dois anos a ser desenvolvida - serve ainda para ser aplicada no âmbito do ensino, da segurança e da prevenção.

Segundo Lobato Faria, esta tecnologia vem aumentar, significativamente, a capacidade de um robô entender com mais precisão a fala do ser humano, respondendo-lhe pela mesma via.

 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

Não tem utilizador? Clique aqui para registar

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×