22/01/2022
 
 
Mulher finge ter doença terminal e recebe 35 mil euros em donativos

Mulher finge ter doença terminal e recebe 35 mil euros em donativos

Jornal i 06/05/2017 10:10

Dizia que tinha um cancro e que precisava de ajuda financeira

Uma norte-americana, de 37 anos, criou duas campanhas de crowdfunding, alegando que estava a morrer de cancro, e que precisava de dinheiro para pagar as contas médicas e levar a família à Disneylandia, numa última viagem de despedida.

As falsas campanhas foram bem-sucediudas e Jennifer Flynn Cataldo conseguiu reunir 38 mil dólares, cerca de 35 mil euros, antes de ser apanhada e detida, esta sexta-feira.

A mulher está agora acusada de roubo e burla, sendo que as autoridades já confirmaram que a norte-americana não sofre de qualquer problema oncológico e que terá levado a cabo o esquema de burla sozinha.

A plataforma de crowdfunding que Jennifer Flynn Cataldo itulizou para divulgar as campanhas falsas GoFundMe já confirmou que irá reembolsar todas as pessoas que deram donativos.

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline