23/10/19
 
 
Mulher finge ter doença terminal e recebe 35 mil euros em donativos

Mulher finge ter doença terminal e recebe 35 mil euros em donativos

Jornal i 06/05/2017 10:10

Dizia que tinha um cancro e que precisava de ajuda financeira

Uma norte-americana, de 37 anos, criou duas campanhas de crowdfunding, alegando que estava a morrer de cancro, e que precisava de dinheiro para pagar as contas médicas e levar a família à Disneylandia, numa última viagem de despedida.

As falsas campanhas foram bem-sucediudas e Jennifer Flynn Cataldo conseguiu reunir 38 mil dólares, cerca de 35 mil euros, antes de ser apanhada e detida, esta sexta-feira.

A mulher está agora acusada de roubo e burla, sendo que as autoridades já confirmaram que a norte-americana não sofre de qualquer problema oncológico e que terá levado a cabo o esquema de burla sozinha.

A plataforma de crowdfunding que Jennifer Flynn Cataldo itulizou para divulgar as campanhas falsas GoFundMe já confirmou que irá reembolsar todas as pessoas que deram donativos.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×