27/2/20
 
 
Terço de Joana Vasconcelos tem sósia brasileiro

Terço de Joana Vasconcelos tem sósia brasileiro

Jornal i 03/05/2017 16:05

Artista nega ter copiado ou sequer ter-se inspirado numa peça brasileira

O terço gigante, da autoria de Joana Vasconcelos, que foi apresentado esta terça-feira no Santuário de Fátima, está a gerar polémica, havendo mesmo quem acuse a artista de cópia.

Assim que surgiram as primeiras imagens de ‘Suspensão’, nome da obra de Joana Vasconcelos, fotografias de um terço semelhante começaram a ser partilhadas nas redes sociais.

É que todos os anos, desde 1997, em Vila Velha, no estado de Espírito Santo, Brasil, é pendurado um terço gigante entre duas palmeiras para assinalar a Festa da Penha, que chega a receber mais de um milhão e meio de pessoas, segundo o site da Globo.

O médico Osmar Sales, de 61 anos, foi o responsável por criar o primeiro terço há 19 anos, inspirado pelo terço gigante da missa celebrada por João Paulo II, no Rio de Janeiro, em 1997. A ideia teve tanto sucesso que desde aí se tem repetido todos os anos.

Questionada pelo Observador sobre as semelhanças de ambos os terços, Joana Vasconcelos disse que não conhecia a obra brasileira e recusa a ideia de que sejam parecidos. “Não têm nada a ver um com o outro”. “Aquilo é um terço pequenérrimo feito de esferovite”, sublinhou.

Mas a obra brasileira tem uma composição diferente todos os anos, e se este ano o terço foi feito com bolas de esferovite e flores de papel, a versão do ano passado contava com lâmpadas LED que iluminavam o terço, assim como acontecerá em Fátima dia 12 de maio.

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×