15/8/20
 
 
Falsa médica condenada por aumentar glúteos com cimento

Falsa médica condenada por aumentar glúteos com cimento

DR Jornal i 30/03/2017 13:14

Os seus pacientes eram maioritariamente pessoas que também mudaram de sexo

Oneal Ron Morris, uma falsa médica de 36 anos, foi condenada a dez anos de prisão por aumentar os glúteos dos pacientes com cimento.

O caso – que aconteceu na Flórida - terá sido descoberto depois de uma das pacientes ter morrido no ano de 2012.

A vítima recebeu diversas injeções para aumentar os glúteos entre 2007 e 2011, mas o material injetado era cimento, azeite mineral, super cola e outros produtos tóxicos.

A mulher foi autopsiada e confirmou-se que terá morrido devido a uma falha respiratória provocada pelos movimentos das substâncias, todavia, em tribunal, a falsa médica negou ter qualquer tipo de responsabilidade na morte da sua paciente.

Oneal Ron Morris – mais conhecida por “A duquesa” - é transexual e também utilizava as mesmas substâncias no seu corpo. Os seus pacientes eram maioritariamente pessoas que também mudaram de sexo.

Este mês foram ainda reportadas mais duas mortes em situações semelhantes, após as vítimas terem sido submetidas à cirurgia de aumento dos glúteos, em Miami.

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×