17/8/17
 
 
Campeão tropeça no Berço e devolve emoção à Liga

Campeão tropeça no Berço e devolve emoção à Liga

Bruno Venâncio 20/03/2017 14:49

Derrota do FC Porto em Guimarães deixou o Benfica a um ponto do topo, com os vimaranenses e a Oliveirense à espreita de novos deslizes

E, de repente, o campeonato português de basquetebol voltou a ganhar interesse. Pela segunda vez na temporada, o Vitória de Guimarães derrotou o campeão FC Porto (78-76) no seu terreno – já o havia conseguido na fase regular – e relançou a competição: a vitória do Benfica sobre a Oliveirense (72-67), ainda que bastante sofrida, deixa as águias a apenas um ponto dos dragões, dando fulgor a uma luta que já parecia perdida há poucas jornadas. Aliás, neste momento, quando falta uma jornada para o fim da primeira volta da segunda fase regular, tanto os vitorianos como os homens de Oliveira de Azeméis somam apenas menos um ponto que o Benfica e menos dois que o FC Porto – embora se defrontem entre si na próxima jornada, agendada para 1 de abril.

A luta de titãs, todavia, é mesmo aquela que separa dragões e águias. Depois de um período de clara hegemonia encarnada (o Benfica foi campeão seis vezes em sete anos, quatro delas consecutivas) no qual o FC Porto chegou a desistir da competição – competia apenas na segunda divisão sob a denominação Dragon Force –, os azuis-e-brancos acabaram por regressar em força à modalidade na última temporada, celebrando em grande estilo: logo ao quarto jogo, depois de duas vitórias no Dragão Caixa que se somaram a outra conseguida em pleno Pavilhão da Luz. Foi o 12.o título para os portistas, ainda assim longe do recorde do Benfica: 26 vitórias.

Este ano, a equipa de Moncho López tem feito um percurso sólido: terminou a primeira volta da fase regular em primeiro, com dois pontos de vantagem sobre o Benfica, após 19 vitórias e três derrotas – duas delas, contudo, aconteceram nos encontros com os encarnados. Na segunda fase entrou a perder, frente à Oliveirense, mas emendou a mão ao vencer o Benfica, no Dragão Caixa, na segunda jornada. No programa, porém, não estaria nova derrota em Guimarães...

Os encarnados, por seu lado, fraquejaram na primeira fase, onde, apesar de levarem de vencida os dragões nos dois jogos, conseguiram ainda assim somar cinco derrotas (Oliveirense, duas vezes, Vitória de Guimarães, Galitos e Illiabum). Nesta segunda fase, já bateram oliveirenses e vimaranenses, caindo apenas no jogo com os portistas. O reencontro está marcado para a sétima jornada, que terá lugar a 14 de abril – mas ainda faltam dois jogos antes...

sem rival na taça

Se o duelo para o campeonato está aceso, o mesmo já não se pode dizer da Taça. É que o FC Porto ficou fora da competição logo nos oitavos-de-final, caindo em pleno Dragão Caixa frente ao Illiabum, mercê de um fantástico triplo de Nikola Tadic no último segundo da partida (77-78). Curiosamente, os homens de Aveiro serão mesmo os adversários do Benfica nos quartos-de-final da prova, cuja “final 8” decorre entre os próximos dias 23 e 26 em Gondomar. As águias, recorde-se, são as atuais detentoras do troféu, após terem vencido a Ovarense por 103-51 na final da última época, em Oliveira de Azeméis.

 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

Não tem utilizador? Clique aqui para registar

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×