23/8/17
 
 
Bitcoin. Desavenças provocam 'colapso'

Bitcoin. Desavenças provocam 'colapso'

Sofia Martins Santos 20/03/2017 11:53

Já ouviu falar da bitcoin? É a moeda virtual mais conhecida a nível mundial e esteve no centro das atenções este fim de semana.

Nas últimas semanas, esta moeda vivia uma das melhores épocas de sempre. No entanto, uma desavença técnica programadores, investidores e empreendedores provocou o ‘colapso’ desta moeda, com a bitcoin a perder cerca de 20% do seu valor.

Segudo o MarketWatch, esta queda deve-se à incapacidade de resolver um problema sobre a quantidade de dados num conjunto de transações de bitcoins.

A desvalorização foi o efeito mais imediato, mas há quem tema que esteja longe de ser o último.

Quem é afinal o pai da bitcoin?

Desde que a bitcoin foi criada, em 2009, a origem desta moeda virtual foi sempre um mistério e alvo de especulação. Até que, em maio do ano passado, o cientista e empresário australiano Craig Wright, de 44 anos, assumiu a “paternidade” da invenção.

De acordo com a BBC, foram apresentadas provas que atestam a veracidade das declarações de Craig, que apareceu recentemente como sendo o verdadeiro inventor do mecanismo financeiro.

Em entrevista, o empresário garantiu que não quer fama e explicou os motivos desta revelação, feita anos depois da criação da moeda virtual. Depois de vários órgãos de comunicação terem feito investigações para descobrir quem era o verdadeiro criador da bitcoin, o nome de Wright veio a público em dezembro de 2015. Várias notícias davam conta de que Wright se encaixava no perfil do misterioso criador e é nesta altura que as autoridades australianas fazem buscas a casa do empresário.

Pouco tempo depois, o australiano foi detido pelas autoridades fiscais por suspeitas de fraude num caso que não está relacionado com a bitcoin.

Mas apesar de, por esta altura, terem sido dadas garantias de que as buscas nada tinham a ver com a criação da bitcoin, a verdade é que Wright ficou na mira dos mais curiosos.

E é no seguimento deste capítulo da vida de Craig que aparece, segundo o próprio diz, a motivação para assumir a criação desta moeda virtual. Em entrevista, Wright explica: “Há muitas histórias por aí que foram inventadas e eu não gosto de ferir as pessoas com quem me importo. Não quero que elas sofram nenhum impacto por causa disso.”

Já sobre o facto de revelar a identidade vários anos depois do aparecimento desta moeda, Wright sublinha que a decisão não foi uma escolha e lamenta ter sido forçado a fazê-lo: “Eu realmente não queria ser o rosto de nada. Preferia não fazer isto. Quero trabalhar, quero continuar a fazer o que quero fazer. Não quero dinheiro. Não quero fama. Não quero adoração. Só quero ser deixado em paz.”

Mas afinal quem é este australiano?

Quem olhava para Wright no início de 1990 estaria muito longe de imaginar que um dia o australiano teria a história da bitcoin para contar. Por esta altura, Craig Wright trabalhava como chefe de cozinha francesa. Passou três anos a trabalhar para uma empresa de catering, mas continuava a estudar. Craig começou por cursar Engenharia na Universidade de Queensland, na Austrália, mas mudou a meio para Ciências da Computação. Trabalhava como chefe, mas o foco eram os estudos.

Depois disso, a carreira deste australiano, que assumiu a “paternidade” desta moeda, esteve sempre associada à tecnologia.

De acordo com um trabalho feito pela “Business Insider”, de dezembro de 2015, Craig foi professor na Universidade Charles Sturt até há pouco tempo. Com cursos feitos em várias universidades, Craig assume mesmo que é “um pouco viciado na vida académica”.

Mas nem só de tecnologia tem sido feita a vida deste australiano. O primeiro doutoramento de Craig foi em Filosofia e esteve ligado à religião.

Dúvidas continuam a existir

Para provar que é o verdadeiro criador da bitcoin, Wright forneceu à BBC vários documentos e provas. Mas ainda há quem duvide. Até porque, até ao fim de abril de 2016, a invenção da moeda virtual era atribuída a Satoshi Nakamoto. Um nome que sempre se julgou fictício mas que em 2014 ganhou um rosto quando uma revista norte-americana reclamou ter encontrado o responsável pela criação da moeda. No entanto, a identidade nunca chegou a ser confirmada.

Mas se a BBC admite ter provas suficientes, na revista britânica “The Economist” a dúvida parece permanecer. Por isso, escreveram: “Entrevistámos Wright, revimos os documentos que ele forneceu e falámos com conhecedores da bitcoin que comunicaram com o sr. Nakamoto no passado e tiveram acesso à mesma informação. Concluímos que o sr. Wright pode ser Nakamoto, mas há questões importantes que se mantêm. Na verdade, poderá nunca ser possível saber sem dúvidas quem foi o verdadeiro criador da bitcoin.”

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

Não tem utilizador? Clique aqui para registar

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×