25/9/18
 
 
"Portas tem o dever de falar sobre o caso das offshores"

"Portas tem o dever de falar sobre o caso das offshores"

Luís Claro 14/03/2017 10:53

Manuel Monteiro garante que "se tivesse no lugar dele já teria falado".

O ex-líder do CDS Manuel Monteiro defende que Paulo Portas deve falar sobre o caso das offshores. "Se tivesse no lugar dele, obviamente, já teria falado", disse Manuel Monteiro, esta manhã, numa entrevista à SIC-Notícias.

Manuel Monteiro defendeu que Paulo Portas tem "o dever de vir falar" e "estranharia" que o ex-ministro dos Negócios Estrangeiros "não soubesse" o que se passou. 

Monteiro questiona mesmo se Paulo Núncio "não está a ser o cordeiro que está a ser empurrado para o fogo e se eventualmente não está sozinho a assumir responsabilidades que não lhe competem apenas a ele".

Núncio foi chefe e gabinete de Manuel Monteiro quando este era líder do CDS. Manuel Monteiro começou por dizer em relação ao caso das offshores que "se fosse advogado na área fiscal jamais aceitaria ser membro do governo com responsabilidades nos assuntos fiscais".

A nova tendência do CDS Esperança em Movimento vai promover um encontro com Adriano Moreira, Manuel Monteiro e Ribeiro e Castro, ex-líderes do CDS. 

Monteiro considera que existe uma "degradação da vida democrática" e considera que a "direita conservadora" tem que ter um papel diferente na crise que o país está a enfrentar. Para o ex-líder do CDS, a direita tem que condenar "uma situação em que os cidadãos estão a pagar os desmandos da banca e os desmandos de um conjunto de pessoas que são financiados pela banca"

O ex-líder do partido elogiou Assunção Cristas por estar a fazer, à frente do CDS, um caminho "sereno, afirmativo e nesse sentido positivo". 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×