15/11/18
 
 
Maus tratos a animais subiram em 2016

Maus tratos a animais subiram em 2016

Jornal i 06/03/2017 12:20

Os crimes de maus tratos a animais estão a aumentar em Portugal.

Em 2016 a GNR registou 767 casos de maus tratos a animais. O número traduz uma média de dois crimes por dia e mais 112 casos face a 2015, segundo os últimos números da Guarda Nacional Republicana.

Em contrapartida, caiu o número de denúncias que chegaram ao Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente (SEPNA). Em 2016 houve 3.694 denúncias, o que traduz a uma média de dez por dia e menos 116 denúncias em relação a 2015.

Os dados divulgados pela GNR revelam ainda que foi em Março que houve o maior número de denúncias, com 374, seguido de Fevereiro com 366 e de Janeiro com 361. Quanto aos distritos verifica-se que foi em Lisboa, Setúbal e Porto que houve mais denúncias de maus tratos.

A fiscalização aos maus tratos a animais é realizada pelo SEPNA, podendo as denúncias ser encaminhadas para a linha SOS Ambiente e Território.

A lei que criminaliza maus-tratos a animais entrou em vigor a 01 de outubro de 2014. Segundo a lei, “quem sem motivo legítimo, infligir dor, sofrimento ou quaisquer outros maus tratos físicos a um animal de companhia é punido com pena de prisão até um ano ou com pena de multa até 120 dias”. Estas penas podem ser agravadas caso o animal morra ou fique incapacitado.

A lei prevê ainda que quem abandonar um animal é punido com pena de prisão até seis meses ou com pena de multa até 60 dias.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×