10/7/20
 
 
“A única camisola que não dispo é a da Constituição”, diz Ferro

“A única camisola que não dispo é a da Constituição”, diz Ferro

João Porfírio Margarida Davim 24/02/2017 15:48

À saída do almoço com Marcelo, Ferro Rodrigues respondeu aos jornalistas sobre o objeto da nova comissão de inquérito à CGD apresentado hoje num requerimento do PSD e do CDS. E ainda enviou um recado ao líder da bancada social-democrata, Luís Montenegro, que tinha dito que o presidente da Assembleia da República “não é capaz de despir a camisola do PS”.

"A única camisola que não dispo é a da Constituição da República", disse Ferro Rodrigues, reiterando ter uma postura de imparcialidade no cargo que ocupa.

Ferro Rodrigues, que tem sido alvo de duras críticas por parte dos partidos da direita pela forma como se posicionou na comissão de inquérito à CGD, assegura que a sua única preocupação é cumprir a Constituição e, depois de ter visto o requerimento hoje entregue por PSD e CDS, não antevê problemas no objeto da nova comissão ao banco público que se deve debruçar sobre o convite, a gestão e a demissão de António Domingues.

"Por aquilo que li, julgo que [o requerimento] cumpre em absoluto os termos regimentais e constitucionais, é um direito potestativo [obrigatório] dos deputados, e portanto não penso que vá haver qualquer problema", comentou, ressalvando não ter tido ainda acesso ao requerimento potestativo hoje entregue por sociais-democratas e centristas.

No fim de um almoço que acabou escassos minutos antes de começar a audiência pedida por Assunção Cristas para “denunciar” ao Presidente o que o CDS considera ser uma perturbação no regular funcionamento do Parlamento, Ferro assegura que  "todas as instituições funcionam em absoluta regularidade".

De resto, Ferro não se alongou sobre a conversa que manteve com Marcelo Rebelo de Sousa, explicando apenas ter-se tratado de "almoço entre duas pessoas que se respeitam, entre duas pessoas que se estimam".

Na ementa do almoço terão estado várias iniciativas conjuntas a organizar pela Assembleia da República e pela Presidência, como comemorações e visitas de Estado, mas Eduardo Ferro Rodrigues não especificou quais serão.

 

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×