15/9/19
 
 
Herdeiro da Samsung comparece algemado ao interrogatório sobre escândalo de corrupção em Seul

Herdeiro da Samsung comparece algemado ao interrogatório sobre escândalo de corrupção em Seul

AFP Jornal i 18/02/2017 19:54

Escândalo já provocou a destituição da Presidente da Coreia do Sul

Um escândalo de corrupção atinge a elite política e económica da Coreia do Sul.

Lee Jae-yong, herdeiro do maior grupo empresarial do país e líder de facto da Samsung, foi detido na sexta-feira por estar implicado num escândalo de corrupção.

O herdeiro da Samsung, compareceu algemado, este sábado, ao seu interrogatório. Por baixo de seu fato azul-escuro viam-se as algemas, já a placa com o seu número de detido estava preso à lapela.

Lee Jae-yong permaneceu em silêncio, olhando fixamente para a frente, ao ser cercado pelos muitos jornalistas que aguardavam a sua chegada antes do interrogatório, de acordo com a Reuters.

O vice-presidente da Samsung Electronics , de 48 anos, é acusado, de ter pago 40 milhões de dólares em subornos a uma pessoa próxima da Presidente do país em troca de favores políticos.

A polémica é conhecida como o caso da Rasputina sul-coreana, que já provocou a destituição da Presidente Park Geun-hye. 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×