25/9/18
 
 
Hospital de Portimão troca cadáveres e família enterra corpo errado

Hospital de Portimão troca cadáveres e família enterra corpo errado

Raquel Wise Jornal i 18/02/2017 12:56

Neta não reconheceu o corpo da avó e questionou a agência funerária 

O Hospital de Portimão trocou o cadáver de duas idosas e a família fez o funeral com o corpo errado. Maria Teresa Carvalho, com 87 anos, deu entrada no hospital no dia 11 de fevereiro e dois dias depois faleceu devido a uma infeção urinária.

A neta e o seu marido viajaram até ao Algarve para poderem realizar o funeral da avó mas, no entanto, as dúvidas da neta surgiram quando esta estava a velar o corpo.

A senhora não reconhecia a avó e questionou a agência funerária acerca da identidade da mesma, tendo a própria tranquilizado a família e dito que o corpo vinha do hospital e que, às vezes, o corpo pode mudar quando já está morto.

O hospital entrou então em contacto com a família, no dia seguinte, explicando que teria existido um erro e o corpo de Maria Teresa ainda estaria na morgue.

De acordo com a imprensa nacional, o centro hospitalar comprometeu-se logo a pagar todas as despesas, menos a deslocação da família.

 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×