24/7/19
 
 
Renato Gaúcho diz que foi "mais jogador" do que Cristiano Ronaldo

Renato Gaúcho diz que foi "mais jogador" do que Cristiano Ronaldo

Bruno Venâncio 15/02/2017 16:31

"Ele trabalha muito na força, não tem técnica. Quando sai do lado esquerdo não produz quase nada", dispara o atual treinador do Grémio

Este pensamento já não é de agora, mas Renato Gaúcho continua a insistir nele: o antigo internacional brasileiro, ídolo no Grémio - que agora treina -, considera ter sido "muito mais jogador" do que... Cristiano Ronaldo. E faz questão de explicar o seu ponto de vista.

"Com certeza, joguei mais que ele. É que muita gente dessa geração acompanha o Cristiano Ronaldo e não me viu jogar. Eu queria ver o Cristiano jogar nos clubes onde eu joguei, às vezes com três, quatro meses de salários atrasados, e ser campeão como eu fui. E eu queria estar no Real Madrid, jogando uma vez por semana, campo bom, e jogando com os colegas que ele tem ao lado, monstros. Isso eu queria ver”, disparou em entrevista ao programa "Bola da Vez", da ESPN Brasil.

E não se ficou por aqui. "Ele é um monstro, um grande jogador, mas trabalha muito na força, ele não tem muita técnica. É só ver os jogos do Real Madrid, nos momentos em que ele sai do lado esquerdo, não produz quase nada. Eu era mais versátil, podia jogar na direita, no meio e na esquerda", garante o antigo avançado, hoje com 54 anos.

A verdade é que Renato Gaúcho - apelidado de "fanfarrão" pela própria revista brasileira "Veja" - fez nome no Brasil, conquistando diversos títulos por Grémio, Cruzeiro, Fluminense, Flamengo e pela própria seleção brasileira, onde ganhou a Copa América 1989, mas fracassou em toda a linha na única experiência na Europa: em 1988/89, passou sem qualquer sucesso pela Roma, somando 23 jogos... e zero golos no campeonato italiano. Há, de resto, um vídeo no Youtube a compilar os "melhores momentos" da sua passagem por Itália... feito por um programa de humor local.

 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×