16/11/18
 
 
Decisão inesperada da Central Nuclear de Almaraz cancela visita de engenheiros portugueses

Decisão inesperada da Central Nuclear de Almaraz cancela visita de engenheiros portugueses

Raquel Carrilho 14/02/2017 11:02

Quando a comitiva da Ordem dos Engenheiros de Portugal já se encontrava a caminho, foi informada de que a visita tinha sido cancelada

Segundo comunicado oficial da Ordem dos Engenheiros de Portugal, terá sido já durante a viagem rumo a Cáceres, em Espanha, que a equipa de técnicos portugueses foi informada, pela entidade gestora da Central Nuclear de Almaraz, que esta tinha decidido cancelar a visita, há muito agendada para o dia de hoje. A visita foi “intempestivamente cancelada, sem que tenham sido apresentadas as razões subjacentes a tal decisão”, uma decisão que foi recebida “com total surpresa” pela Ordem dos Engenheiros.
A Ordem dos Engenheiros de Portugal aguarda as justificações devidas, já que esta decisão “contraria o são relacionamento e as normas de cooperação que devem pautar o relacionamento técnico entre entidades dos dois países, assim como a desejável transparência a nível da partilha de informação técnica, em nome da defesa do prestígio e da deontologia da engenharia ibérica.” No mesmo comunicado, a Ordem afirma considerar esta decisão “uma afronta às mais elementares normas de relacionamento das comunidades técnicas e associativas de Espanha e Portugal e indutor dos mais livres juízos. (...) Estamos, assim, perante um mau exemplo do que deve ser o relacionamento, no campo técnico, entre dois países vizinhos e com preocupações que deveriam constituir o foco de um exemplo de relacionamento”, pode ler-se.
Da comitiva que visitaria a Central Nuclear de Almaraz faziam parte, entre outros, o bastonário Carlos Mineiro Aires, os dois vice-presidentes nacionais, membros do Conselho Diretivo Nacional, presidentes dos Colégios Nacionais de Engenharia Eletrotécnica e de Engenharia do Ambiente, e ainda o coordenador da Especialização de Energia e um membro da Assembleia de Representantes, além de outros especialistas. Esta era uma visita de natureza técnica, que visava a “recolha de informações sobre a operação da Central, bem como das perspetivas de prolongamento do seu ciclo de vida e sobre a intenção de construção de um depósito de resíduos nucleares.”

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×