23/9/19
 
 
Mais de 15% dos peões distrai-se com o telemóvel na hora de atravessar a estrada

Mais de 15% dos peões distrai-se com o telemóvel na hora de atravessar a estrada

Marta Cerqueira 09/02/2017 12:16

São os mais jovens (28.5% dos peões têm até 30 anos) que mais se distraem com o telemóvel

A Prevenção Rodoviária Portuguesa quis perceber o comportamento dos peões na hora de atravessar a estrada. Com um estudo realizado em 20 locais de Lisboa, foi possível concluir as distrações observadas aquando do atravessamento da estrada incluíam peões a falar com o telemóvel na mão (5,7%), a manusear o telemóvel (texting, consulta de redes sociais ou e-mail) (4,8%) e a usar auriculares/auscultadores (5,9%). Com a análise dos 5.223 peões observados concluí-se que 15,6% estavam envolvidos em pelo menos uma das três atividades.

Tal como era esperado, é nas camadas mais jovens que este comportamento é mais comum Além disso, é possível observar uma ligeira tendência de maior utilização do telemóvel para falar por parte das mulheres (6.1% vs. 5.2%) e de utilização de auriculares/auscultadores por parte dos homens (6.8% vs. 5.1%).

Lisboa parece acompanhar a tendência europeia de acordo com um estudo realizado pela DEKRA Accident Research (2016) em seis capitais europeias sobre a utilização do telemóvel por parte de cerca de 14.000 peões, aquando do atravessamento da via. Relacionando os dois estudos, PRP e Dekra, Estocolmo surge como a capital europeia com o maior índice de utilização do telemóvel por parte dos peões (23,55%), logo seguido por Lisboa com 15,6%. Berlim (14,9%), Paris (14,53%) e Bruxelas (14,12%) apresentam resultados muito similares e por último, Roma (10,2%) e Amesterdão com o índice mais baixo (8,2%).

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×