26/9/18
 
 
Suíça autoriza doação de sangue por parte de homossexuais e bissexuais

Suíça autoriza doação de sangue por parte de homossexuais e bissexuais

Shutterstock Jornal i 31/01/2017 17:10

A nova regra entra em vigor a partir do dia 1 de julho de 2017

A partir de agora, na Suíça, os homossexuais e os bissexuais já podem dar sangue, mas apenas se não tiverem tido relações sexuais nos últimos 12 meses.

As autoridades, aprovaram esta terça-feira, o levantamento da proibição imposta há 40 anos sobre as doações de sangue por parte de homens homossexuais e bissexuais. No entanto, há uma interdição para aqueles que tenham tido relações sexuais nos 12 meses anteriores.

A mudança da “suspensão definitiva” (proibição total) para a “suspensão temporária” (proibição por um ano), coloca a Suíça em linha com outros países europeus, como é o caso de Portugal, França e Reino Unido.  

A proibição de doações por parte dos homossexuais, vigorava em vários países desde a descoberta do vírus da imunodeficiência humana (VIH), no principio dos anos oitenta. 

Em comunicado de imprensa, a Swissmedic indicou que os homens homossexuais e bissexuais continuam a apresentar um risco desproporcionado de contrair o vírus, correspondendo a cerca de metade de todos os novos casos no país.

No entanto, as novas orientações “não vão aumentar o risco dos recetores de transfusões de sangue”, garantiu, acrescentando ainda que os progressos tecnológicos nas análises permitem detetar com muito mais facilidade agentes infecciosos.

 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×