25/6/19
 
 
Ténis. Federer vence Nadal e conquista Open da Austrália

Ténis. Federer vence Nadal e conquista Open da Austrália

Bruno Venâncio 29/01/2017 16:14

É o 18º Grand Slam da carreira do suíço, recordista de triunfos

Regresso triunfal: Roger Federer venceu o Open da Austrália, ao bater Rafael Nadal naquela a que já se chama "a final dos trintões".

O jogo foi, como se esperava, épico: Federer ganhou o primeiro set por 6-4, Nadal venceu o segundo por 6-3, Federer o terceiro por 6-1 e Nadal o quarto por 6-4. O quinto set acabou por ser favorável ao suíço: 6-3, com o último ponto a ser decidido com recurso ao vídeo-árbitro.

Este foi o 18º Grand Slam da sua carreira, o primeiro desde 2012 em Wimbledon - e a quinta vitória na Austrália, primeira desde 2010. Federer amplia assim a liderança na lista de vencedores de torneios do Grand Slam, com mais quatro triunfos do que Nadal e Pete Sampras.

 

A lista dos vencedores:

1. Roger Federer, Sui 18 (7 Wimbledon, 5 Open da Austrália, 5 Open dos Estados Unidos e 1 Roland Garros)

2. Rafael Nadal, Esp 14 (9 Roland Garros, 2 Wimbledon, 2 Open dos Estados Unidos e 1 Open da Austrália)

. Pete Sampras, EUA 14 (7 Wimbledon, 5 Open dos Estados Unidos e 2 Open da Austrália)

4. Novak Djokovic, Sbr 12 (6 Open da Austrália, 3 Wimbledon, 2 Open dos Estados Unidos e 1 Roland Garros)

. Roy Emerson, Aus 12 (6 Open da Austrália, 2 Wimbledon, 2 Open dos Estados Unidos e 2 Roland Garros)

6. Rod Laver, Aus 11 (4 Wimbledon, 3 Open da Austrália, 2 Open dos Estados Unidos e 2 Roland Garros)

. Björn Borg, Sue 11 (6 Roland Garros e 5 Wimbledon)

8. Bill Tilden, EUA 10 (7 Open dos Estados Unidos e 3 Wimbledon)

9. Fred Perry, GB 8 (3 Wimbledon, 3 Open dos Estados Unidos, 1 Open da Austrália e 1 Roland Garros)

. Ken Rosewall, Aus 8 (4 Open da Austrália, 2 Wimbledon e 2 Open dos Estados Unidos)

. Jimmy Connors, EUA 8 (5 Open dos Estados Unidos, 2 Wimbledon e 1 Open da Austrália)

. Ivan Lendl, Che 8 (3 Open dos Estados Unidos, 3 Roland Garros e 2 Wimbledon)

. Andre Agassi, EUA 8 (4 Open da Austrália, 2 Open dos Estados Unidos, 1 Wimbledon e 1 Roland Garros)

 

No fim da partida, Federer saudou Nadal, com palavras mais que elogiosas para com o adversário. "Quero dar os parabéns ao Rafa pelo extraordinário regresso. Acho que nenhum dos dois acreditava que pudéssemos estar aqui quando nos encontrámos há quatro meses na tua academia. E cá estamos na final. Estou feliz, se tivesses sido tu a ganhar também estaria, para ser sincero. O ténis é um desporto muito difícil, não há empates. Mas se houvesse empates, teria todo o gosto em partilhá-lo com o Rafa", salientou o tenista suíço, pedindo ainda a Nadal para continuar a jogar "por muitos anos", para bem do ténis.

O espanhol retribuiu os elogios... e prometeu continuar: "Provavelmente o Roger mereceu um bocadinho mais a vitória. Sinto que regressei ao mais alto nível e vou continuar a lutar. Este é o terceiro troféu destes que levo [de finalista]. É bonito, mas o de vencedor é muito mais bonito, por isso vou voltar para tentar ganhá-lo", asseverou.

 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×